out 03, 2017 / por Ricardo Ventura / Nenhum Comentário

Às vezes uma fobia social pode atrapalhar todos os seus planos, mas é preciso entender o que isso realmente significa em seus sentimentos para só assim conseguir combater esse problema que atinge tanta gente no mundo atual.

Para muitas pessoas, essa fobia é o resultado de uma falta de estímulo, de entender o real poder das ações em suas vidas. Como se a própria sociedade não os incentivasse e os impedisse de seguir em frente.

É preciso superar isso dia após dia, nem que seja preciso forçar esse relacionamento e qualquer tipo de socialização, ainda que seja na menor das escalas.

Por isso é tão importante tentar vencer isso através de práticas diárias. Um passo atrás do outro, com paciência e com perseverança.

Entendendo e superando a fobia social!

E essa fobia social surge quase sempre no papel de uma timidez tão grande que impede a pessoa de se relacionar. É lógico que, aos poucos, essas pessoas conseguem se acostumar, mas qualquer coisa que surge nova é um grande passo para trás.

Novos ambientes, locais desconhecidos, gente desconhecida, tudo isso impede essas pessoas com fobias sociais de se relacionarem com o mundo ao seu redor. Uma timidez que toma conta e não permite nenhuma ação ou decisão.

Ansiedade e insegurança podem até ser sentimentos que surgem em todos diante desse tipo de situação, mas quando isso impede essas pessoas de sequer pensarem em passar por isso, ai tudo começa a ser um problema.

Aos poucos, essa timidez extrema passa a impedir que você aproveite uma série grande demais de coisas em sua vida. E isso chega a prejudicar sua vida pessoal e profissional, já que pequenas situação de tensão como entrevistas de emprego e reuniões se tornam impossíveis de serem enfrentadas.

Em pouco tempo, você verá que essa fobia social será o maior empecilho para qualquer tipo de ambição que possa existir.

Para uns, essa timidez pode atrapalhar uma festinha, uma dança ou uma conversa em um bar, mas tão logo isso chega em esferas maiores, passa a atrapalhar situações importantes de sua vida, como até a possibilidade de subsistir, pagar suas contas e ter uma carreira.

Por isso é tão importante lutar contra isso.

Será que eu tenho fobia social?

E o primeiro passo é esse: descobrir que tem um problema e enfrentar isso! Entender de onde isso sai e contra quais inimigos deve lutar.

Você pode vender a fobia social

Talvez isso venha de um problema de autoestima baixa, ou de não acreditar naquilo que você sabe fazer ou tem a oferecer. Ou simplesmente uma preocupação demais consigo mesmo, um zelo exagerado e um medo de errar e fazer algum tipo de besteira por aí. Mas acredite, tudo isso é um exagero de sua parte que você precisa enfrentar.

Por isso, uma das primeiras e mais importantes dicas é acreditar em si mesmo e confiar em suas ideias e qualidades! Parar de sabotar a si mesmo. Mas também é preciso uma espécie de tratamento de choque.

Você sabe que tem uma fobia social, então se jogue em direção a ela. Se tem medo de falar em público, seja o primeiro a se oferecer para fazê-lo. Se tem medo de ir em um local onde não conhece ninguém, se jogue de cara.

Às vezes, uma reunião pode meter medo em qualquer um, então arranque essa sensação de insegurança como quem arranca um esparadrapo da pele: rápido e com força. Seja o primeiro a falar, não tenha medo de suas opiniões e livre-se logo desse medo falar em público. Quanto mais você fizer, mais rápido isso será conquistado dia-a-dia.

É importante forçar essas pequenas ações mesmo em escalas menores. Seja uma ida até uma padaria ou até um grande show. Não importa, tente! Acredite em você mesmo e não deixe essa fobia social atrapalhar seus planos e sentimentos. Enfrente isso e não tenha medo de se expor. Dê um passo de cada vez e sempre chegue mais longe, quando perceber já não terá timidez ou fobia social que te impeça de fazer nada.

Mentoria para Treinadores e Palestrantes

Apenas 10 alunos por sala clique aqui

Comentar via Facebook