Não existe problema em manipular. Essa frase pode parecer agressiva ou inconveniente, mas é verdade. O segredo está usar esse poder de manipulação e influência para fazer o bem. Em outras palavras, desde que você entregue o que prometeu, tudo bem. Ainda mais, porque não existe um mundo livre dessa manipulação.

Nós somos manipulados e manipulamos o tempo todo. Seja a mãe ou o pai ameaçando um castigo na criança, seja um vendedor oferecendo um bônus ou oportunidade única. Portanto, nem sempre manipulação é ruim.

Como lidar com a sua própria influência

Influenciar é agir psicologicamente em alguém, expor uma ideia ou convencer o interlocutor de algo que você quer que seja feito. Portanto, sendo bem-feito, está sempre tudo bem, e você deve saber que um ponto de vista bem passado e entendido não passa de influência e manipulação. Isso é muito mais comum do que parece!

O mais importante é saber que, por mais que existam jeitos “ocultos” de influenciar as pessoas, quanto mais claro e transparente, maior é a sensação de confiança.

E isso sem mágica. Apenas muito trabalho e entendimento de público, produto e possibilidades. Métodos e ferramentas que ajudam nisso, mas sempre a ideia de que é possível usar a psicologia para te ajudar a mostrar um ponto de vista ou convencer a respeito da importância de um serviço ou produto.

Vamos às dicas de como influenciar pessoas?

1 – Mostre que você está ouvindo

Não só na hora da resposta, acene enquanto está escutando. Concorde. Convide o locutor a saber que você está concordando.

Estudos comprovam que a reação natural é que a pessoa que está prestando atenção em você repita o que você faz, portanto, isso facilitará que ele acene com a cabeça e concorde. Inconscientemente essa pessoa estará “fazendo sim” com a cabeça na hora que você estiver propondo algo.

Se estiver em um grupo e quiser influenciar as opiniões ao redor, faça com que sua opinião seja clara. Muita gente não tem iniciativa, portanto, tenha você a iniciativa e construa a simpatia de quem pensa igual.

2 – Faça o outro se sentir prestativo

Peça favores. Se você quer se aproximar de alguém, peça. Agradeça pelo favor e demonstre que estará sempre pronto para dar o que precisar. Faça dessa relação uma via de mão dupla.

Quando você cria essa relação de gentileza, todo mundo fica mais preparado para fazer outros favores. O ser humano sabe que existe uma dinâmica onde ele está inserido e funciona através de favores.

Pode parecer irracional, pois você está pedindo, mas acredite, isso funciona. Portanto, peça muito. Quando você pede uma vez só no começo, tem mais chances desse pedido ser aceito. Melhor ainda, comece com um pedido que você sabe que não será realizado. Isso cria uma “dívida”.

3 – Saiba construir uma proposta irrecusável

Para você influenciar uma pessoa e fazer ela comprar seu produto ou serviço, faça uma oferta irrecusável. E seja exagerado, procure algo que todos gostariam e faça isso abrir as portas para essa relação.

Imagine que você quer vender um produto ecologicamente correto, ou um serviço que tem responsabilidade ecológica. Comece perguntando: Você quer salvar o mundo?

É lógico que a proposta irrecusável precisa ter ligação com o produto, mas é mais importante que o “sim” saia da boca e a pessoa se acostume com ele

4 – Discordar não é um problema

Mesmo que não seja legal dizer não, isso pode funcionar. O problema é saber fazer isso bem.

Quando você é sincero e parece pronto para mudar de opinião, acaba trazendo a pessoas para seu lado. É deselegante falar que alguém está errado, mas discordar não é um problema. Melhor ainda, expande a discussão.

Coloque o ponto de vista, mas seja amigável. Crie um argumento com dados, fatos e seu olhar.

E nunca esqueça que você só fará alguém mudar de opinião se você demonstrar que está preparado para fazer o mesmo.

Mas não corrija. Apontar o erro cria uma barreira intransponível. Escute, preste atenção em tudo que a pessoa tem a dizer e tente entender os motivos daquilo. Faça com que essa discordância seja o ponto inicial de sua visão e argumente. Corrija a pessoa enquanto estiver argumentando e isso não soará como uma correção, mas sim como um pensamento seu.

5 – Espelhe os movimentos do outro

Imite sutilmente os trejeitos e linguagem corporal da pessoa com a qual está interagindo. Expressões faciais, jeito de falar e até ritmo.

Fazer o outro se enxergar em você aumenta a confiança, afinal ela se enxerga. Ela se associa a você inconscientemente. Não escute apenas. Emule e se torne um camaleão.

Seja sutil. Se um cliente cruza a perna, cruze para o mesmo lado. Se a pessoa começa um e-mail com “oi amigo”, faça o mesmo. Crie laços através daquilo que ela mesmo está fazendo.

As pessoas instintivamente precisam da confirmação de suas atitudes e quando você a imita, é isso que ela sente, afinal você está copiando.

E não esqueça de citar. Exercite a chamada escuta reflexiva. Para demonstrar que entendeu exatamente o que a pessoa está dizendo, cite-a na hora de argumentar. Quando você copia a frase ou argumento, seja na pergunta ou na resposta, é como se você tivesse a clareza de ter entendido.

6 – Saiba elogiar da maneira correta

Um dos jeitos mais eficientes de influenciar alguém é elogiando. Saiba elogiar. Entenda que, se você gosta de que suas qualidades sejam valorizadas, faça o mesmo pelos outros.

Entenda o quanto a autoestima de qualquer pessoa precisa de uma elevação. Mas utilize isso com cuidado, não adianta usar essa única arma e nem fingir. É muito fácil de descobrir quando é feita sem sinceridade.

Principalmente, quando você quer que essa pessoa esteja com você, analise bem o trabalho dela e elogie o que ela fez de bom. Qualquer um desperta um interesse especial quando percebe que você valoriza o trabalho dela e isso abre a possibilidade de aceitar propostas e pontos de vista.

O importante é ser sincero e não elogiar algo que não aconteceu ou uma qualidade que a pessoa sabe que não tem.

7 – Aproveite cada etapa do processo

Não jogue na mesa um monte de pedidos, faça um por vez. Não solicite uma lista inteira, mas separe essas ideias em etapas diferentes.

Faça uma por vez, sempre que uma for sendo feita, peça outra. Aproveite esse ritmo para elogiar e mudar de ideia. Faça com que essas fases sejam sempre uma novidade e nunca um pedido genérico.

Quanto mais você pede e encadeia essas soluções e possibilidades, mais as pessoas farão com eficiência e sem perceber que estão sendo influenciadas.

Este é o seu momento de influenciar com responsabilidade

O maior problema da comunicação hoje é a impressão de que a influência ou manipulação é algo ruim. Sendo que é normal, todo mundo passa e faz isso o tempo inteiro. O nosso dia a dia é cheio de influências.

Quando você influencia para chegar em um objetivo está apenas ajudando. Quando influencia para comprar algo ou obter serviço está fazendo o bem para a pessoa. O importante é entregar o que está sendo oferecido.

Existe sempre uma influência invisível. Algo como uma influência social. Estamos sempre expostos a tudo isso. Nossas ações, pensamentos e preferências. Estamos errados ao achar que estamos limpos em termos de influência. Somos movidos por tudo isso.

Um ponto importante é saber que estamos sendo influenciados e se mover e decidir com consciência. Entender isso é o ponto principal para fazer tudo com responsabilidade. Respeitar seu cliente e seus parceiros de equipe e não os mover a fazer algo que possa prejudicar eles.

Existe um poder na influência e quando você sabe usá-lo, precisa fazer com inteligência e responsabilidade.

E se você quer ir além, eu preciso lhe falar sobre o EXTREME SPEAKER!

Essa é uma mentoria presencial exclusiva para 10 pessoas que acontece em São Paulo.

Eu vou lhe ensinar como se tornar um grande comunicador e influenciar milhões de pessoas.

Já passaram políticos, empresários, vendedores, apresentadores de TV, jornalistas e centenas de pessoas por essa mentoria.

Você pode saber mais sobre ela clicando aqui!

Mas, como eu disse, são apenas 10 vagas. Então, quanto antes você for conhecer, maiores serão suas chances de fazer.

Clique aqui e saiba tudo sobre o Extreme Speaker agora mesmo!