Persuasão em vendas talvez seja um dos pontos mais importantes para o sucesso de seu negócio. Se você não consegue vender e fazer o entrelaçamento dessa comunicação de modo a focar na eficácia de seus esforços, muito provavelmente você ficar sempre brigando com o fracasso.

Quando você foca em melhoras suas vendas e elevar sua empresa para patamares maiores, não existe outro jeito, é preciso lidar com o convencimento de que sua marca é a melhor para seu cliente. Um bom vendedor nunca esquece que o foco é o final da venda e, para isso acontecer, um lado vai ter que convencer o outro.

Entenda então como aplicar persuasão nas suas vendas e multiplicar seus lucros.

Aplicando a persuasão em vendas

O primeiro ponto importante para um vendedor ser eficiente é entender seu próprio produto e, mais ainda, seu público. Quando ele sabe muito bem o que está vendendo e para quem o esta fazendo, fica fácil soar natural, mesmo focando somente na persuasão.

Por isso é tão importante deixar de pensar na persuasão como algo maléfico, como se a ideia fosse empurrar algo ruim ou dar algum golpe. Persuasão tem a ver com comunicação pura e simples. Como se ajudasse o cliente a encontrar. Portanto, não existe negócio, principalmente em se tratando de vendas, sem um mínimo de convencimento.

Do mesmo jeito, é preciso lembrar sempre que a persuasão não é algo nato, mas algo a ser praticado e estudado. São inúmeras técnicas e situações que ajudam na hora de rumar para esse tipo de comunicação direta, portanto, se a ideia é alcançar esse nível de convencimento, o melhor mesmo é arregaçar as mangas e partir para o trabalho.

Como vender mais sendo persuasivo

Uma das principais técnicas que você deve usar é a de fugir da discussão. Não desistir de seu ponto de vista ou simplesmente entregar a derrota. Primeiro, lembre que você não está em uma disputa, depois, de que o confronto cria barreiras.

Concorde. Parta sempre do princípio de que você quer concordar com aquela pessoa, faça ela entender que você está aberto para aceitar o que ela está dizendo. Procure os pontos em que vocês concordam e parta desse principio.

Demonstre através dela que o que você quer dizer é correto, mas sempre deixando espaço para que ela sinta estar no comando dessa troca de ideias. Seja honesto e sempre sutil com seu ponto de vista.

Por isso é tão importante nunca permitir que mais barreiras surjam entre você e seu cliente. Não importa se ele está errado, não é você que irá dizer isso a ele. O melhor nessas horas é fazer ele concordar com você, mesmo que isso signifique alguma contradição, que na verdade é ele que precisa lidar com ela, não você.

Isso pode te levar a errar e se equivocar, e quando isso acontecer, reconheça o mais rápido possível. Ninguém gosta de gente teimosa. A intransigência cria antipatia, portanto, “abra essa porta”, demonstre que é possível voltar atrás, talvez com isso seu cliente acabe sentindo a mesma coisa e ficando pronto para mudar de ideia, o que é sempre bom em uma negociação.

Essa aproximação fica ainda mais firme quando você deixa o seu cliente confortável com o “sim”. Quanto mais positivamente ele ir levando a conversa, mais fácil dele aceitar suas propostas. Quando mais “sim” ele acumular, mais a vontade com eles seu cliente estará.

O que nos leva a, talvez, a técnica mais importante: deixar o cliente falar. O bom vendedor que sabe persuadir, é um observador voraz. Ouça, entenda as demandas do cliente, dê atenção a seus sentimentos e só aja na hora certa. A persuasão nas vendas depende apenas que um momento “dê certo”, portanto, lute por ele e não deixe que nada te faça acreditar que não possível.

Seu sucesso depende da persuasão e ela depende de você entender essas técnicas e colocá-las em prática.